sexta-feira, 12 de março de 2010

A solidariedade silenciada

Médicos de Cuba no Haiti
José Manzaneda*
03.Mar.10 ::

“Os aproximadamente 400 cooperantes da Brigada médica cubana no Haiti foram a mais importante assistência sanitária ao povo haitiano durante as primeiras 72 horas após o recente terramoto”. No entanto os jornais, televisões e rádios do conhecido pela alcunha de «mundo livre» nada disseram e a importante cadeia norte-americana Fox News teve o desplante de afirmar que Cuba foi “dos poucos países vizinhos do Caribe que não prestaram ajuda”.
“Essa informação foi censurada”, resta saber se o foi pelo poder se por servil acto de autocensura.

….................................................................Leia tudo aqui.

Dados das atuações do Contingente Internacional de Médicos Cubanos
Especializados em Situações de Desastres e Graves Epidemias,
Brigada “Henry Reeve”, anteriores à cooperação no Haiti:*

• Desde sua constituição, a Brigada Henry Reeve cumpriu missões em 7 países, com a presença de 4.156 colaboradores, dos quais 2.840 são médicos.
• Guatemala (Furacão Stan): 8 de outubro de 2005, 687 colaboradores; destes 600 médicos.
• Paquistão (Terramoto): 14 de outubro de 2005, 2 564 colaboradores; destes 1 463 médicos.
• Bolívia (inundações): 3 de fevereiro de 2006-22 de maio, 602 colaboradores; destes, 601 médicos.
• Indonésia (Terramoto): 16 de maio 2006, 135 colaboradores; destes, 78 médicos.
• Peru (Terramoto): 15 de agosto 2007-25 de março 2008, 79 colaboradores; destes, 41 médicos.
• México (inundações): 6 de novembro de 2007 - 26 de dezembro, 54 colaboradores; destes, 39 médicos.
• China (terramoto): 23 de maio 2008-9 de junho, 35 colaboradores; destes, 18 médicos.
• Foram salvas 4 619 pessoas.
• Foram atendidos em consultas médicas 3.083.158 pacientes.
• Operaram (cirurgia) a 18 898 pacientes.
• Foram instalados 36 hospitais de campanha completamente equipados, que foram doados por Cuba (32 ao Paquistão, 2 a Indonésia e 2 ao Peru).
• Foram beneficiados com próteses de membros em Cuba 30 pacientes atingidos pelo terramoto do Paquistão.

2 comentários:

Valéria disse...

Gostei das informações. Eu realmente não sabia que Cuba era tão empenhada.


BeijooO'

jader resende disse...

Infelizmente muitas informações são omitidas pela mídia,voce vai encontrar muitas outras boas informações no blogue
http://odiario.info/

Abraços