terça-feira, 15 de maio de 2012

Martin Luther King e sua filha

buscado no Boilerdo


© Foto de James Karales. Martin Luther King em casa com a filha Yolanda. Montgomery. EUA, 1962.

Nesta fotografia o pastor e líder do movimento pelos direitos civis Martin Luther King tenta explicar à sua filhaYolanda por que ela não poderia ir para Funtown, um parque de diversões destinado apenas aos brancos em Atlanta. "Uma das experiências mais dolorosas que eu já enfrentei foi ver as lágrimas da Yolanda quando eu disse a ela que Funtown era proibida para crianças de cor", disse King. Ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1964, Martin Luther King foi baleado e morto em 04 de abril de 1968, em Memphis, no Tenessee, por um racista de cor branca.


3 comentários:

Janice Adja disse...

Infelizmente existe pessoas que o preconceito abraça o coração sem pudor.
Beijos!

jader resende disse...

No poder, não importa qual, o homem se torna imortal quando o usa para fazer a coisa certa.

jader resende disse...

(complementando)
Acho Janice, que esta atitude vale mais que muitos com o coração dilacerado pela maldade.

Abraços